SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

Quadro de Francis Bacon será exibido ao público pela primeira vez em 45 anos


Uma pintura de Francis Bacon, avaliada em R$ 253 milhões, deve ser vista em público pela primeira vez por 45 anos, quando for leiloada em outubro pela casa Christie's. A segunda versão de "Estudo do Papa Vermelho", de 1971, é o último de uma série de restratos papais e foi exibido em Paris no mesmo ano, seis meses após a sua finalização. A obra foi adquirida pela família do atual dono em 1973 e apareceu em todas as principais publicações dedicadas ao trabalho do artista inglês - mas nunca foi exibida desde então.


Para a pintura, Bacon revisou o "Estudo do Papa Vermelho", de 1962, que foi inspirado pela obra-prima de 1750 de Diego Velázquez, "Retrato do Papa Inocente X". Para a versão revisada, o britânico adicionou outra figura - um reflexo do seu parceiro, Goerge Dyer. Dyer e o Papa foram as duas maiores obsessões do artista e a pintura se tornou uma premissa trágica do destino fatídico de Dyer quando, em menos de 36 horas antes da abertura da exposição de Paris, foi encontrado morto.


"A explosão em forma de ouro de vermelho aveludado e rosa em tela amarela está escondida há 45 anos", disse Jussi Pylkkänen, presidente da Christie's. Pylkkänen colocará o trabalho à venda durante a feira de arte Frieze, que ocorre em Londres. "Raramente vi que um único painel carregasse tanto poder e profundidade, as batidas de cor e escória que percebem que as cabeças são uma visão a contemplar", concluiu.

#FrancisBacon

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO