SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

Mulher que pediu exumação de corpo de Salvador Dali não é filha do pintor



Exames de DNA comprovaram que a espanhola Maria Pilar Abel Martinez, que alegava ser filha do famoso pintor Salvador Dalí, não tem ligação genética com o artista plástico, informou nesta quarta-feira a Fundação Gala-Salvador Dalí, seis semanas após a exumação do corpo do surrealista.


A cartomente Maria Pilar, nascida em 1956, moveu uma ação para ter a paternidade reconhecida oficialmente, o que levou a Justiça a ordenar a exumação do corpo do artista catalão, morto em 1989, aos 85 anos. Segundo a espanhola, sua mãe teve um caso com Dali no ano anterior ao nascimento dela.


O corpo do pintor foi removido do mausoléu no Teatro-Museo de Figueras no dia 20 de julho, para que fosse colhido o material necessário para a realização dos testes. O processo de exumação e transporte do corpo foi acompanhado de perto pela imprensa internacional.



"Depois de analisadas as mostras biológica de Pilar Abel Martínez e as obtidas na exumação dos restos mortais de Salvador Dalí, (...) os resultados obtidos permitem excluir Dalí como pai biológico de María Pilar Abel Martínez", afirmou a Fundação, citando advogados.


O artista foi um dos maiores expoentes do surrealismo na pintura, conhecido por telas como "A persistência da memória", em que relógios derretem em meio a uma paisagem desértica.


Muitos especialistas na obra do catalão já vinham questionando a exumação do corpo. Ian Gibson, biógrafo de Dalí, deu ênfase a uma afirmação do próprio pintor: "Sou impotente, você tem que ser impotente para ser um grande pintor".


#Dalí

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO