SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

Sotheby’s leiloa anel que Picasso pintou para se reconciliar com Dora Maar


Pablo Picasso terá reparado em Dora Maar, fotógrafa, pintora e poeta, em 1936, num café pariense que costumava frequentar. Maar estaria sentada a brincar com uma faca, tentando atingir a mesa nos espaços entre os seus dedos com uma imprecisão que deixava marcas. Um começo dramático que vaticinava a paixão intensa e tumultuosa entre os dois artistas, recuperada pelo historiador de arte James Lord no livro Picasso and Dora (1993). Num passeio pela Pont Neuf, em Paris, Picasso terá repreendido a sua amada por tê-lo convencido a vender uma das suas obras para comprar um anel de rubi. Furiosa, Dora tirou-lhe o anel da mão e atirou-o ao rio Sena. A fotógrafa voltou nos dias seguintes ao local em busca da jóia, mas sem sucesso.


Sentindo-se culpado pelo que tinha acontecido, o pintor espanhol esculpiu e pintou um anel novo. A obra, que viria a chamar-se Bague de forme ovale – Portrait de Dora Maar, foi decorada com um retrato personalizado de Dora Maar e fez parte da colecção de arte da musa que lhe serviu de inspiração até à sua morte, em 1997. Com um medalhão de forma oval onde se pode ver a imagem de Maar desenhada a caneta e lápis de cor, incrustado numa pequena forma de metal revestida de flores pintadas com esmalte, a jóia, datada do período entre 1936 e 1939, foi levada a leilão em 21 de Junho pela Sotheby’s, em Londres.


O anel que simboliza a relação de Picasso e Maar deverá ser um dos destaques do próximo leilão da Sotheby’s. Intitulado Actual Size, o evento levará à hasta pública obras de pequena dimensão, em detrimento das mais vistosas peças monumentais. De acordo com o Artnet News, “o leilão consagra obras de formato tão pequeno que no catálogo todas elas são reproduzidas em tamanho real”. Oito das 35 peças que serão leiloadas são da autoria de Picasso (como Mulher adormecida ou Busto de mulher deitada) mas haverá peças de um conjunto diversificado de artistas, incluindo Vincent van Gogh ou Raymond Pettibon.


“Às vezes, as coisas mais pequenas podem conter um universo de pensamentos e emoções”, argumenta Thomas Bompard, curador do leilão, em comunicado citado pelo Artnet News. Além de conter a história do conturbado romance, o anel foi feito durante o auge da produção artística de Picasso, precisamente durante o período em que trabalhava no icónico Guernica.


Dora Maar foi a quarta das sete mulheres de Picasso e serviu de inspiração e modelo para as suas obras, tendo feito também uma série de fotografias do pintor no seu atelier da Rue des Grands Augustins enquanto este trabalhava na sua obra-prima que retrata o bombardeamento da cidade basca de Guernica durante a Guerra Civil Espanhola. Em 1943, Picasso trocou a fotógrafa por Françoise Gilot, uma pintora francesa com menos 40 anos do que o artista.

#Picasso

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO