SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

Fundação Dalí compra uma das primeiras obras do pintor


Era uma obra pouco conhecida, e cujo paradeiro permanecia incerto desde há quase um século, mas surgiu inesperadamente no catálogo de um leilão de impressionismo e arte moderna em Londres, e a Fundação Gala-Salvador Dalí não desperdiçou a oportunidade de a adquirir e integrar na sua colecção: Figura de Perfil (a irmã Ana María), uma pintura a óleo (74,2 x 50cm) que retrata a irmã do pintor catalão, em 1925, na praia de Es Sortell, na Costa Brava, foi arrematada por 2.109.630 euros na casa Bonhams.


Em comunicado difundido após a compra, a fundação classifica esta incorporação como “muito positiva, porque contribui para enriquecer a colecção com o conhecimento da técnica pictórica do artista nos anos anteriores à sua adesão ao grupo surrealista”. E adianta que este retrato vem acrescentar-se a outros que a fundação já possuía representando Ana María Dalí y Domènech (1908-1989), que foi a primeira musa do pintor durante a década de 1920 – o que levou especialistas na sua obra a falar mesmo de uma “época Ana María” no percurso de Dalí, anterior à fase depois mais mediatizada.


Figura de Perfil – bem como Figura de Costas, outra pintura da sua irmã, que Dalí fez igualmente em 1925, e que a fundação adquiriu em 2009 – fez parte do acervo da primeira exposição individual na carreira do artista, apresentada na galeria Dalmau, em Barcelona, em 1929. Neste mesmo ano, Dalí conheceu Gala (1894-1982) – então casada com o escritor surrealista francês Paul Éluard –, e a sua vida mudou: a russa tornou-se a mulher e musa do pintor, que simultaneamente abraçou a causa do surrealismo.


A partir dessa altura, a relação de Salvador Dalí com a sua irmã Ana María e o resto da família nunca mais foi a mesma. E tornou-se ainda mais problemática – recorda o jornal La Vanguardia – quando o pintor publicou, em 1942, a autobiografia A Vida Secreta de Salvador Dalí, à qual Ana María respondeu, sete anos depois, com Salvador Dalí Visto pela Sua Irmã.


A aquisição de Figura de Perfil vai também permitir à Fundação Gala-Salvador Dalí actualizar o catálogo raisonné do pintor, já que no actualmente existente aquela obra aparece referida tendo paradeiro desconhecido, e reproduzida apenas a preto-e-branco, em formato incompleto e sem a assinatura do artista.

Segundo a informação prestada pela Bonhans, Figura de Perfil foi comprado, aquando da exposição em Barcelona em 1929, pelo farmacêutico Joaquim Cusí, tendo depois passado para a filha e herdeira deste, até que em 1950 foi adquirido por um coleccionador privado. A leiloeira britânica não divulgou a identidade do proprietário que agora colocou o quadro em leilão.

#Dalí #GalaSalvadorDalíFoundation

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO