SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

Rio ganha estátua em homenagem a escritora Clarice Lispector


A decisão pela homenagem partiu da professora de literatura Teresa Monteiro, uma das biógrafas de Clarice Lispector. Em seguida, o projeto ganhou o apoio da atriz Beht Goulart, que vive a escritora nos palcos com a peça “Simplesmente, Eu”, e também do artista plástico Edgar Duvivier, que foi o responsável por criar o monumento.


Como não havia patrocínio, além de fazer a estátua da escritora e do cachorrinho Ulisses em tamanho natural, o artista plástico também fez 40 miniaturas da obra, que foram vendidas para fãs da escritora, e o valor arrecadado foi usado para ajudar a fazer a escultura.


Para Teresa Monteiro, a estátua de Clarice Lispector tem como objetivo proporcionar cultura para as pessoas, uma forma de colaborar para a cidade ter mais arte.


Clarice Lispector teve seu primeiro romance, “Perto do Coração Selvagem”, publicado em 1944, e já no ano seguinte, a escritora ganhou o Prêmio Graça Aranha, da Academia Brasileira de Letras (ABL).



Outros destaques de sua obra, foram: o seu primeiro livro de contos, “Laços de Família, e “ A Legião Estrangeira de A Paixão Segundo G.H.”, na década de 1960, considerado um marco na literatura brasileira.


Em 1976, Clarice Lispector recebeu o prêmio da Fundação Cultural do Distrito Federal, pelo conjunto de sua obra. Em 1977, publicou seu último romance, “ A Hora da Estrela”, que também foi adaptado para o cinema, em 1985.

#ClariceLispector

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO