SOBRE A ARTE

SOBRE A ARTE

A músicas de Prince estão de volta aos serviços de streaming


Há dois anos, Prince retirou quase toda a sua música da internet. Do Spotify ao Youtube, era muito difícil ouvir as canções do americano através de uploads legais, com exceção do Tidal. Agora, a Warner Bros. Music anunciou que 27 dos seus álbuns e algumas compilações voltam a estar disponíveis em vários serviços streaming como a Apple, Spotify ou Google Play, com álbuns como Purple Rain, Sign O’ The Times ou Diamonds and Pearls.


Ao retirar a sua obra destas plataformas digitais, Prince protestava contra o que dizia ser uma injustiça para os artistas e uma desigual distribuição de lucros por parte destes serviços. Haveria de escolher o Tidal para disponibilizar as suas canções online, justificando a escolha com uma maior equidade financeira do acordo.


Numa entrevista ao site Quartz, Jeff Price, músico e fundador da agência Audiam (que se dedica ao licenciamento de música para a internet e à recolha de royalties), contou que o cantor queria controlar a sua música. “Era dele. Ele escreveu-a e gravou-a. O seu pedido simples e razoável era determinar como era usada e quanto ele receberia por isso”.


Apesar da vontade de Prince, a verdade é que o americano não deixou testamento e todas as decisões são tomadas pelo seu estate, representantes legais que gerem o património deixado. Os mesmos que decidiram o fim do contrato com o Tidal.


A Warner Bros. conseguiu um novo acordo que permite que as músicas estejam disponíveis outra vez. Em comunicado, o diretor da Warner Bros., Cameron Strang, revelou que “Prince gravou as suas músicas mais influentes e populares durante o tempo que trabalhou com a Warner Bros. e nós percebemos a responsabilidade de salvaguardar o seu incrível legado. A Warner Bros. está entusiasmada por trazer a música de Prince para os milhões de fãs em todo o mundo, via streaming”.


O mesmo comunicado referiu-se ainda ao projeto em que Prince trabalhava antes da sua morte: uma nova gravação de Purple Rain, dois álbuns de música inédita e dois filmes de concertos. Estes projetos estarão disponíveis a 9 de junho, dois dias depois do que seria o 59º aniversário do músico.

#Prince

EM DESTAQUE
ÚLTIMOS POSTS
CATEGORIAS
TAGS
Nenhum tag.
ARQUIVO